Vingança

 

Tarde de sol.

Reconheci a voz do cara com que acasalei na cadeia.

Praça cheia.

Transeuntes.

Caí e lá permanci.

Meu pai quis me dar uma lição: aprendi não gritar quando o pau come.

Fui atrás da voz de quem lustrei o jequitibá quase seis meses.

Pastores

Ovelhas

O meu homem estava pregando.

Quase não o reconheci de roupa!!!!

— Muita gente confunde compaixão com pena. Ter compaixão significa colocar-se incondicionalmente ao lado do outro, sem qualquer tipo de julgamento quanto à situação que ele está vivenciando, sem nenhum outro sentimento que não seja o de propiciar alívio à situação na qual aquele ser se encontra…

Fiquei ali, namorando o meu ex-dono.

Estava mais magro e mais velho.

Ativo como sempre e com uma voz que me deixou muito tonto.

Sentei em um banco perto

Falou para o vento sobre não se discutir religião e sim praticar a redenção.

Fazia mas de doze anos que não o via.

Falou aos pombos sobre a importancia de ser bom

Cento e quarenta e quatro meses que pensava nele.

Falou para a grama que a família que é o lugar dos maiores amores e dos maiores ódios.

Quatro mil e trezentos e vinte dias que não sentia a cheiro dele

Falou para a estátua que os reis não estão levando consigo os ladrões ao paraíso. Sim, os ladrões são os que levam os reis ao inferno.

Cento e três mil e seiscentos e oitenta horas que o gosto dele me vem à boca.

Falou para mim que o perdoar aquele que nos magoou, exige que renunciemos à imagem de vítima.

Seis milhões duzentos e vinte mil e oitocentos segundos que não suporto mais usar rosa.

Depois foi embora.

Fui como fazia no Raio 3: deixando um pouco longe mas perto do coração.

Tomou um ônibus

Tomei também

Andamos quase duas horas de ônibus.

Desceu no ponto final. Bem no fundo da periferia.

Encontrou uma mulher com uma criança de colo. Beijou os dois com carinho.

Andaram braços dados

Em uma esquina abençou uma velhinha.

No meio do quarteirão, acabou com uma briga por causa de pipa

Quase no fim, deu um dinheiro para um noia, que gritou que só ia comprar comida.

Andaram amorosamente até uma casinha simples.

Uma bonita casinha que pegou fogo muito rapidamente!

Anúncios

4 pensamentos sobre “Vingança

  1. Capítulo forte, um conto em si, forte e impactante. Aliás, a novela está incrível, já já vai pras páginas de um livro, tenho certeza.Muito bom vir aqui. Adicionei o link ao meu blogue. Beijão e parabéns.

Por gentileza: comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s